sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

EGAS - os donos apareceram!!!

- 10 de Fevereiro de 2009 -
O Egas foi atropelado e esteve um dia inteiro na berma de uma estrada perigosa a sofrer, até alguém o resgatar.
Foi levado para a Clinica Veterinária de Mirandela onde foi visto - 37,50€.

- 11 de Fevereiro de 2009 -
Clinica Veterinária Terra Quente (radiografias) - 33€.
Foi levado para o Hospital Veterinário Baixo Vouga (Águeda) onde foi operado e internado - orçamento previsto 500€.
Problemas diagonosticados ao Egas:
- fémur da pata esquerda traseira partido;
- pata direita dianteira sem sensibilidade;
- bacia partida.
Todos estes problemas juntos dificultam a sua recuperação, contudo o menino tem tido algumas evoluções mas não as suficientes.

- 5 de Fevereiro -
O Egas vai ser submetido a uma nova cirurgia à pata esquerda para apertar os parafusos existentes ou para colocar novos de maior dimensão, como ele não tem força nas outras patinhas que não estão afectadas, e devido à fractura da bacia, acaba por se apoiar na que foi operada causando alguns problemas a nível do implante (chapa e parafusos). Isto vai fazer com que o orçamento suba para os 750€. Os gastos no total rondam os 820€.

- 12 de Março de 2009 -
O Egas ainda se encontra em recuperação.
Até ao momento conseguimos angariar 500€ para pagar as contas inerentes ao seu tratamento. Faltam 320€.

- 7 de Abril de 2009 -
O Egas já anda!!! Contudo a pata da frente continua sem sensibilidade e o Dr. Artur (veterinário que está responsável pelo caso) receia que não volte a utilizá-la mais. Caso se venham a verificar as suas suspeitas, com o decorrer do tempo, essa patinha poderá ganhar ferida e ter de ser amputada!
Até ao momento conseguimos angariar 733€. Faltam 87€!


- 23 de Abril de 2009 - Os donos do Egas apareceram!!!
É verdade ao fim de todo este tempo de sofrimento o meu rapaz "Egas", de nome verdadeiro "Black", teve a felicidade de encontrar os seus donos!
Fui contactada pela Srª Bela Rocha Afonso, dona do Black, no passado dia 23 de Abril, pedindo informações sobre o menino.
Felizmente a "Pata Vermelha" estava a fazer divulgação do seu projecto no Feira Nova de Mirandela, depois de uma conversa entre a dona do Black e as meninas que estavam a fazer divulgação, foi feita então uma pesquisa no Blog da "Pata Vermelha" e de seguida no "adoptA.Os". Foi então que percebeu que o Egas era o Black! :)
No passado Sábado, dia 25 de Abril de 2009, os donos do Black foram ao Hospital Veterinário Baixo Vouga, verificar se realmente era ele o amigo que tinham perdido... era mesmo ele... o reconhecimento foi mutuo, não podiam ter ficado mais felizes no reencontro ao fim de 3 longos e sofridos meses.
O Black já voltou para casa, ainda não se encontra bem, mas tudo está a ser feito para que fique recuperado.
Em nome dos donos e em meu nome, agradeço a todos os veterinários que trataram do menino, em especial ao Dr. Artur e a toda a equipa do Hospital Veterinário Baixo Vouga que tem sido excelentes profissionais, espectaculares e bastante sensíveis à causa dos animais abandonados, a todos os que contribuiram com os € necessários para o seu tratamento e a todos os que o divulgaram.

Os donos do Black contribuiram com 70€.

CONTINUEM A AJUDAR POR FAVOR!!! JÁ FALTA POUCO...

NIB: 0010 0000 4134 4630 0011 5
Titular: Joana Rocha
Banco: BPI

H. V. Baixo Vouga - 234 646811

P.S.- Caso façam transferência, agradecia o envio de email a informar a quantia depositada para conseguir gerir a conta relativa ao caso EGAS.

Obrigada a todos os que se uniram nesta maravilhosa onda de solidariedade para com o Egas!!!
Pata Vermelha - medicação do "Egas"
Carla Fonseca - 25€
Sofia Ferreira - 15€
Marina Gouveia - 10€
Susana Costa - 7,50€
Rute Medeiros - 10€
Carla Faria - 10€
Joana Gouveia - 10€
Maria A. Cambão - 20€
Rita Silveira - 10€
Felicia Vianna - 25€
Ana Pontes - 5€
Margarete Morais - 30€
Eduarda Conde - 50€
Elsa Paiva - 20€
Mª Fernanda Serra - 30€
Jorge Costa - 30€
Teresa Soares - 10€
Susana Martins - 25€
Carlos Azevedo - 10€
Teresa Pires - 25€
Nelson - 5€
Pedro - 5€
Anabela Nunes - 5€
Né Terrível - 150€
Antonieta Paulitos - 50€
Barbara Fernandes - 10€
Isabel Ferreira - 5€
Viviane Melo - 10€
Helena Macedo - 5€
Vania Sousa - 20€
Pedro Gomes - 40€
Rui Pina - 2€
Rosa Vinhais - 3€
Bela Afonso Rocha (dona do "Black") - 70€
Elsa Mourinha - 10€
Paula Pires - 33€
Lakka - 12.50€
meus brigadeiros - 3€
donativos anónimos - 4€
Total de donativos - 820€
Hospital Veterinário Baixo Vouga - 750€ (internamento e 2 operações) - PAGO
Clinica Veterinária Terra Quenta - 33€ (radiografias) - PAGO
Clinica Veterinária Mirandela - 37,50€ (consulta de urgência e devido tratamento) - PAGO
CONTA FECHADA!!! :)

6 comentários:

ReAct disse...

Ola ! Em primeiro lugar gostava de felicitar a criação deste blog. Iniciativas desta natureza são tão importantes e tão dificeis de se fazer ouvir. É vergonhoso que quanto mais civilizados somos, menos olhamos à nossa volta.

Faço parte de um movimento, o ReAct Movement, no qual abordamos três temáticas fundamentais: os direitos humanos, os direitos dos animais e questões ambientais.

Venho por isso deixar este comment, para dizer que o ReAct encontra-se disponível para ajudar qualquer iniciativa vossa. É só avisar :)

Convidamo vos a dar uma olhada ao nosso blog www.reactmovement.blogspot.com e ao nosso myspace www.myspace.com/reactmov.

O nosso contacto é react.movement@gmail.com

Um grande beijinho

Teresa Melo

su disse...

Joana!! não sabia que o Egas estava recuperado, que bom!!! estou mesmo contente!!! parabéns, haja coragem mulher!

Kya disse...

Fico feliz pelo desfecho, mas... haja LATA! Os donos contribuiram com 70€?!? E o resto, que foi tirado aos animais que também precisam em prol deste cão cujos donos irresponsáveis deixaram que ficasse ferido e a quem as voluntárias e pessoas de boa vontade tiveram de acudir?!? É impressionante a lata dessa gente... 70€ e obrigadinha, hein? Eu não tinha entregue o cão.

Anónimo disse...

Sou a dona do Black e quem não está a par dos factos todos deve abster-se de comentários. Não sei se tem cães, eu toda a vida tive e para além do Black tenho 8 e se os tenho é porque os trato bem e gosto deles. O Black veio do canil, tinha um historial de parvovirose à qual sobreviveu, e nunca foi tão feliz como quando veio para junto da minha família e dos outros cães. O que passei durante estes 3 meses que ele desapareceu não o desejo a ninguém e nunca desisti de o procurar. O Black e outro cão meu desapareceram na altura das cadelas e dos cios e o meu outro cão apareceu dois dias depois atropelado embora num estado melhor que o Black. Quando me encontrei com a Joana, perguntei quanto faltava angariar e ela disse que eu não precisava de o fazer e eu insisti em pagar pelo menos o que faltava, que era a minha obrigação, ao que ela respondeu que faltavam 70 euros. Se eu só dei isso foi porque era o que faltava pagar. Se na altura não fecharam a conta e disseram que faltava dinheiro aí eu já não sei. Para além disso, eu fui a Águeda buscar o Black, esteve mais de 15 dias a tomar medicação, está a ser acompanhado pela veterinária, todos os dias tenho que fazer "curativo" na pata dianteira e acondicioná-la bem de modo a protegê-la e preservá-la para evitarmos a amputação o máximo de tempo possível (e ainda vamos ver se dá para fazer alguma coisa e evitar a amputação). O Black já brinca, já corre e já está praticamente curado da pata traseira. Já não é o mesmo cão que fui buscar, é um cão feliz porque é acarinhado pelos donos e pelos seus amigos caninos que muito contribuiram para a sua recuperação. O Black que veio do canil jamais seria feliz numa instituição ou associação e no estado dele era muito difícil a adopção. Fico triste que pense que não está bem com os donos, mas eu estou feliz porque o tenho comigo e o vejo feliz e bem tratado e acredito que com o tempo talvez recupere da patinha dianteira. Foi a fé, esperança e perseverança que me levaram até ele e a encontrá-lo e às vezes milagres acontecem...

Joana Rocha disse...

Olá amigos.
Acho q era desnecessário ter de vir aqui responder a supostas dúvidas em relação ao pagamento do tratamento do Egas mas aqui fica a explicação para quem estiver interessado.
A Sr.ª Bela Rocha veio ter comigo para falarmos sobre as contas do Egas e para me entregar a factura correspondente ao tratamento dele feito no Hospital Veterinário Baixo Vouga, que eu lhe tinha pedido para trazer quando o foi buscar.
Como repararam no blog são 2 as facturas que vieram do HVBV, como a Sr.ª Bela só me trouxe uma factura pois a outra chegou posteriormente por correio disse-me que a factura que me trazia era correspondente a uma cirurgia e ao tratamento e que o veterinário tinha "perdoado" a outra cirurgia!!! Ora bem, perante o que ela me falou e no momento eu disse-lhe q então, caso ela achasse por bem, poderia pagar as 2 facturas das clínicas de Mirandela que rondava um total de 70€... e foi o q aconteceu!
Mais tarde falei com o veterinário sobre a situação e ele disse-me que provavelmente a senhora teria feito confusão pois ele n tinha dito que uma das operações estava "perdoada" mas sim que tinha feito uma atenção no preço final em relação ao tempo de internamento, as 2 facturas já incluem o desconto.
Só mais uma coisa, tudo o que eu fiz foi pelo Egas e voltava a fazer novamente. Coloquei os € do meu bolso e depois fiz apelo para me ajudarem a pagar, caso contrário não poderia ajudar outros meninos. Agradeço mais uma vez a todos os que ajudaram a pagar o seu tratamento.
Em relação aos seus donos, principalmente à Sr.ª Bela quando me perguntou se tinha de pagar algo o que lhe respondi foi que ela deveria agir de acordo com a sua consciência e ela disse q queria pagar a quantia que faltava e foi o que fez nas circunstâncias já descritas anteriormente.
Sem mais a acrescentar de momento... Até breve.

Joana Rocha

Dona do Black disse...

Este comentário no fundo deveria ter sido enviado por email à Joana mas deverá ser de conhecimento para toda a gente. Foi gaffe minha porque fiquei sentida com o comentário e respondi por impulso esquecendo-me de fazer os agradecimentos devidos e públicos à Joana. Por isso aqui vai: no meio do azar enorme do Black ter desaparecido e consequentes consequências, evidentemente que foi uma sorte a Joana andar por ali à procura de outro cão em situação difícil e para o ajudar e acabou por encontrar o meu. O meu agradecimento é profundo e já o fiz pessoalmente mas nunca é demais e nunca esteve em causa qualquer dúvida sobre as boas e desinteressadas intenções da Joana para com o meu menino, até porque não foi nem será o primeiro a ser ajudado por ela. Agradeço-lhe do fundo do meu coração, tal como a todas as pessoas que contribuiram, aliás eu pedi-lhe que o fizesse por mim aqui e ela assim o fez. Só deixei o meu comentário anterior porque fiquei magoada que duvidassem do meu afecto e interesse para com o Black, coisa que a Joana não fez porque mal se apercebeu que o cão era meu, deu autorização para eu o ir buscar o que deveras lhe agradeço. Obrigada a todos e bem hajam.